Conheça quais os tipos mais comuns bem como as características das próteses de silicone e escolha a ideal para você!

Campeão em número de cirurgias plásticas realizadas, o Brasil abriga muitas mulheres que possuem o desejo de aumentar os seios, mas o que muitas ainda se perguntam é: qual prótese de silicone escolher? 

Para responder a essa pergunta é necessário conhecer quais são os tipos de prótese de silicone para só assim decidir o que mais se adequa às suas preferências de tamanho e resultado bem como ao seu corpo.

Se você quer um colo bem volumoso e marcado ou se só deseja seios mais levantados e cheios saiba que existe um tipo ideal de prótese mamária para você de acordo com sua preferência. 

Neste artigo confira tudo o que você precisa saber para colocar silicone e tire todas as suas dúvidas referentes ao assunto. Ao final com certeza você saberá como escolher a melhor prótese mamária para você.

Quais são os tipos de prótese de silicone ?

As próteses de silicone possuem classificação quanto ao seu tamanho e seu perfil e ela mudará de acordo com a altura que o seio terá em relação ao tórax.

Conheça quais são os tipos de prótese de silicone e quais as indicações de cada uma delas.

1-Prótese redonda 

Essa é uma das próteses mais implantadas uma vez que ela preenche por igual todos os espaços do seio e tem como resultado um colo arredondado e, quando são usados implantes maiores, mais marcado. 

Uma das características das próteses de silicone redondas é o visível efeito de seios mais empinados e seu resultado tende a chamar atenção para a região superior do tórax.

Se esse é o resultado que você espera e se perguntava qual a melhor opção de prótese, comece a pensar com carinho no tipo redondo.

2-Prótese cônica 

Esse tipo de prótese é a que possui maior projeção em associação com uma base menor, e em que a maior parte do volume do implante está concentrada no centro da prótese. 

Isso se encaixa bem na indicação para mulheres mais magras, com tórax mais estreito ou que querem ou precisam de implantes maiores mas não querem o colo muito marcado. 

Para mulheres que possuem os seios com alguma queda essa prótese é altamente indicada pois ajuda bastante a levantar e a chegar ao resultado de seios mais empinados. Além disso esses implantes, que têm menos projeção nas bordas,  ajudam a não deixar o colo tão marcado, e a evitar o efeito “bola”.

Importante lembrar que eles não são muito adequados quando existe a necessidade de retirar pele ao redor das aréolas ou em qualquer outro lugar das mamas, para fazer um lifting.

3-Prótese anatômica 

Também conhecida como prótese em gota, não é recomendada para quem quer turbinar o tamanho dos seios visando principalmente o pólo superior ou colo,  já que o implante tem menos projeção nessa área.

Dentre os tipos de prótese de silicone a, anatômica é a que traz uma mudança mais suave, visto que é feita para alcançar o formato habitual dos seios.

Esse tipo de prótese é bem indicado em mulheres que tem muito pouco tecido mamário, nas mulheres mais altas ou naquelas com características longilíneas.